Pesquisar neste blog

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Falácia Neoliberal

Wilson Horvath

Maldito sistema econômico,
que se alimenta do sangue e suor
de tantas vidas.

Destrói tudo o que encontra,
desmata as florestas,
polui os rios,
infecta o ar.

Arrebenta com o humano,
tornando-o um zumbi,
sem vida nem sentimentos,
escravo de suas determinações.

Exige a ausência do Estado,
no que lhe é conveniente;
para não pagar impostos
e fugir das fiscalizações.

Clama pela ajuda do Estado,
igual a uma criança mimada,
quando é incapaz
de limpar suas cagadas.

Esse que corre em seu auxilio,
desesperado,
como uma galinha
de um pintinho só.

Quanto de comida
foi tirada da boca do pobre
para pagar as contas
da crise de crédito dos ianques?

Quantos médicos, professores,
policiais não seriam contratados
e melhor remunerados com o dinheirinho
que será dado para o Sr. Diniz?

Os malditos neoliberais não dizem:
Que o Estado tem que ficar de fora?
Que o privado é melhor que o público?

Por que eles não resolvem seus negócios?
Um dia sem o Estado,
eles estariam na falência total
e nós teríamos um Mundo Melhor.


A Bagatela que o BNDES dará
para a fusão
do pão de diabetes com o Carrefour
é quatro bilhões!

Não é milhões,
É bilhões!
Quatro! Bilhões!

E ainda há quem diga,
que esse é melhor
sistema econômico.
Imagine se há algo pior que isso!?