Pesquisar neste blog

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Clitoris: O prazer proibido




 
Toda mulher e todo homem deveriam assistir a este documentário, porque não conhecemos quase nada do nosso corpo e o filme, de pouco mais de 40 minutos, é educativo, antes de tudo. Com depoimentos de médicos, educadores sexuais, estudiosos do comportamento e mulheres em geral,   “Clitóris, Prazer Proibido”, exibido pelo canal pago GNT no ano passado,  contesta a concepção religiosa e patriarcal de que sexo existe apenas para a reprodução. O documentário  trata de educação sexual e explora o órgão cuja única função é proporcionar prazer às mulheres.  Uma das entrevistadas é a médica Helen O´Connell, pesquisadora de Melbourne, na Austrália, considerada uma das especialistas em clitóris. Ela explica o funcionamento do órgão e afirma que não há um “ponto G”. A  dra. Helen afirma também que o clitóris é maior do que se pensa e está diretamente ligado ao orgasmo feminino.