Pesquisar neste blog

domingo, 25 de maio de 2014

Dicas para a apresentação do TCC

Wilson Horvath
Apresentamos algumas dicas para você apresentar o seu TCC.
Elas não são "uma camisa de força" para determinar o que deve ser feito ou não. As adaptem a partir de sua concepção e da particularidade de seu trabalho.
 

Antes de falarmos de cada slide específico da apresentação. Tenha em mente que você estará trazendo novos conhecimentos que colaborarão de alguma forma para a melhoria de sua profissão e consequentemente do país e da humanidade!
E tenha em mente que você é a pessoa que mais conhece sobre o seu trabalho! Nem seu orientador o conhece tão bem quanto você!
Na exposição de seu trabalho, você deve manter a calma! Você apenas apresentará um trabalho como tantos outros que já apresentou no decorrer do curso, a única diferença é que esse é maior.
Uma dica é apresentar olhando para uma pessoa da plateia que você goste, que você sabe que estará com os olhos te apoiando. Faça a explanação como se fosse uma conversa com ela. Talvez, você poderia treinar esse bate-papocom ela , um dia antes.
A BANCA, em geral, não a reprovará (Isso não é regra!). Os questionamentos são mais uma questão de praxe, para cumprir seu papel, do que qualquer outra coisa. E se, por ventura, ela perguntar algo que você não sabe, peça para repetir a pergunta. Essa é uma boa técnica oriunda da neurociência para ajudar o seu cérebro processar a resposta.
Não leia os slides, eles servem apenas para você não se perder na apresentação. Entretanto, se você não conseguir falar, se der um branco, então, leia. Mas saiba que se você fizer isso, perderá pontos.
Escreva nos slides em forma de pequenos tópicos, somente para conduzir a sua fala. Se você for apresentar durante o dia, use slide de fundo mais escuro, se for à noite, use o fundo branco. Use letras grandes, que facilite a sua visualização.
Uma dica importante: Salve o arquivo da apresentação em outros pen-drives além do seu!

Tendo isso em mente, passemos para cada slide da apresentação.

1.         Apresentação

Esse é com certeza o slide mais fácil. Você falará o título do trabalho; seu nome; o nome de seu orientador. Nesse último, lembre-se de dizer a titulação dele (especialista, mestre, doutor).
Exemplo:

2.         Objeto de Estudo

É o seu objeto empírico, esse pode ser a pesquisa de campo, ou documentos oficiais, ou algum ponto da teoria de um autor ou de corrente de pensamento.
Exemplo:.



Observe que o objeto de estudo se assemelha ao tema da pesquisa. É isso mesmo! O título tem que refletir o objeto. E o objeto está delimitado: “em faculdades privadas”. 


Use apenas, nos slides, a principal categoria de análise, extraída de um autor. Não é para por todos os autores que você usou em seu TCC.
Exemplo:

4.         Problematização

É a questão que moveu o seu trabalho. Aquilo que você quis, pretendeu descobrir com a pesquisa. Essa esteve presente em seu projeto de pesquisa.
Exemplo:

Observe que a problematização é sempre uma pergunta. Logo, ela termina com o ponto de interrogação “?” ou a forma da escrita deixa claro que se trata de uma questão.

4.1      Questões Específicas

As questões específicas ou auxiliares têm o intuito de ajudarem a responder a questão geral da problematização. Elas NÃO são outras questões, mas detalham melhor a problematização.
Você pode apresenta-las no mesmo slide da questão geral ou fazer outro slide para elas.
Exemplo:

5.         Objetivos

Este é um ponto em que há um pouco de erros na maioria dos trabalhos. As pessoas confundem o objetivo do trabalho com a importância do tema estudado. O objetivo do TCC se refere ao seu objeto de estudo. E fale da importância do tema na justificativa.
Inicie os objetivos com um desses verbos: “Analisar”, “Estudar”, “Pesquisar”, “Refletir”.

Exemplo:

Observe que o objetivo é bem semelhante ao objeto de estudo. Toda a pesquisa gira em torno do objeto de estudo.

6.         Justifica

Você falará da importância de se estudar este tema. Você pode desdobrá-la em justificativa social e acadêmica ou fazer uma justificativa que englobe as duas.

Exemplo:

7.         Motivação Pessoal

Como o próprio nome indica é o motivo pelo qual a levou a fazer essa pesquisa. Esse vai desde uma convivência com o tema, como por exemplo no estágio, a um desejo de se trabalhar nesta área pesquisada ou por uma grande curiosidade.

Exemplo:

8.         Procedimentos Metodológicos

São os métodos que você usou para analisar o seu objeto de estudo. Em todo o trabalho seja ele teórico ou de campo há a pesquisa bibliográfica, assim, esse pode ou não ser mencionado. Mas, você deve expor o método de pesquisa e as etapas que utilizou para colher os dados.

Exemplo:

Observe que usamos a primeira pessoa do plural (Nós) e não a primeira pessoa do singular (Eu).
Também pode ser usado a terceira pessoa do singular (Ele/Ela), neste caso o exemplo acima ficara assim: O pesquisador(a) fez cinco visitas in loco e colheu os dados usando a pesquisa qualitativa, por meio de conversa com a coordenadora ...

9.         Estrutura dos Capítulos

Você apresentará os capítulos, depois fará as divisões internas dos capítulos. Ressaltando os pontos mais importantes de cada capítulo. Você pode usar algumas citações, essas pequenas.
E deixe mais espaço e tempo para o seu último capítulo.

Exemplo:

Lembre-se: a palavra “Capítulo” deve ser precedida por inicial maiúscula e usamos o número romano para indica-los.
E você pode ou não usar fotos da sua pesquisa de campo. Mas não sobrecarregue de fotos.

10.      Conclusão

São as conclusões que você tirou de sua pesquisa. Sugestões de melhoria. Dê uma ênfase ao estudo realizado em seu objeto de pesquisa. Você colocará apenas os tópicos para a sua explicação futura.
Você pode também apresentar novos pontos a serem explorados por outros pesquisadores e por você mesmo em outros cursos.

Exemplo:


Não apresente algo que seja subjetivo, por exemplo: O professor orientador é muito bom ou ele é péssimo. Fale de dados objetivos, que possam ser comprovados por outras pessoas.
E NUNCA DIGA: “Eu acho”, “Eu penso”, “Na minha opinião”! Você não acha nada! Você fez uma pesquisa científica e está apresentando dados baseados no método científico, mesmo que esses possam ser refutados no futuro por outro pesquisador.

11.      Epígrafe

Use uma frase que sintetize o seu trabalho. A epígrafe tem que refletir diretamente o seu trabalho.
Exemplo:

        Cuidado para não usar uma frase que não tem nada a ver com a sua pesquisa. Muitas pessoas gostam muito de uma frase bíblica ou de uma poesia ou parte de uma letra de música e a coloca sem nenhum critério.

Ler outros textos sobre Metodologia Científica.