Pesquisar neste blog

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Como escrever a Conclusão no TCC

(Wilson Horvath)
Muitos alunos têm dificuldades na hora de redigir a conclusão de seu Trabalho de Conclusão de Curso; alguns nem sabem o que deve ser escrito, outros escrevem muitas linhas em vão, pois são descartadas pelo orientador.
Este fato é compreensível, pois, na maior parte dos casos, os alunos estão cansados, esgotados devido ao enorme esforço despendido na elaboração dos capítulos do TCC, além das outras obrigações diárias, tais como: trabalho, família, etc.
Mas, não se desespere, tenho uma excelente notícia para te dar: A conclusão é a parte mais fácil de seu TCC! Se ficar claro o que ela é, você a fará no máximo em uma semana.
Para explicar o que é a conclusão, vamos partir primeiramente de um fato cotidiano para depois entrarmos no TCC propriamente dito. Imaginemos que em uma noite, você conversando com seu esposo(a), pai, mãe, amigo(a) sobre o que fará no dia seguinte, você diz que irá ao médico no período da manhã; trabalhará a tarde e à noite irá à faculdade, para conversar com seu orientador.
Fazendo um paralelo com o TCC, nesta conversa, você fez a introdução, ou seja, você anunciou ao ouvinte ou ao leitor de sua pesquisa o que você fará, desenvolverá.
Então, no dia seguinte, você começa a desenvolver as atividades que disse que as faria. Elas exigem muito tempo, o dia todo. Vamos exemplificar: Você acorda, toma café, limpa a casa, toma banho, se arruma (maquiagem, cabelo, roupa), pega ônibus (esse lotado e atrasado), passa primeiro no laboratório, pega o resultado do exame, vai ao consultório médico, preenche uma ficha com seus dados, espera para ser atendida, lê uma revista ou conversa com alguém na sala de espera, é chamada pelo médico, ele pede e vê o seu exame, pergunta como você está, você diz o que está sentido, ele pede para você deitar na maca, ele faz um exame físico e uma anamnese, ele fala para você levantar da maca e se sentar, dá um diagnóstico e propõe um tratamento.
Retomemos o TCC, tudo isso que aconteceu relacionado ao médico é como se fosse um capítulo de seu trabalho, é o Primeiro Capítulo. Assim, o Segundo Capítulo será relacionado com os fatos relacionados com seu trabalho e o Terceiro com a faculdade.
À noite, você encontra novamente com seu interlocutor da noite anterior. E ele pergunta como foi o seu dia. Você, obviamente, não fará uma descrição detalhada de tudo o que aconteceu, pois se assim fizesse, você teria assunto para uma noite toda! Você dirá apenas aquilo que foi mais importante, não mais como introdução, mas apresentará os resultados, o que os fatos do dia trouxeram de importante para a sua vida, ou seja, você fez uma conclusão.
O mesmo se dá em sua conclusão do TCC, nesse momento é para você apresentar ao leitor os resultados de sua pesquisa, o que de novo e importante foi descoberto, quais são as contribuições que seu trabalho de pesquisa pode oferecer para uma prática mais eficaz de sua profissão e o que a pesquisa significou para a sua vida profissional.
É importante ressaltar que NÃO é para você apresentar novos elementos nem criar novas teorias. Mas sim, fazer um fechamento do seu trabalho, de todos os capítulos, dando maior ênfase ao último capítulo, que geralmente se refere à pesquisa de campo. Portanto, a conclusão deve concordar, com o que está no corpo do TCC (nos capítulos).
Faça a conclusão, como se fosse uma conversa, pois em verdade, ela o é. Afinal, será basicamente a conclusão que você apresentará nos slides para a banca examinadora. Na apresentação de seu TCC, além da conclusão, você apenas discorrerá sobre o título do trabalho, o motivo pessoal que levou a fazer aquela pesquisa, e a problemática da pesquisa (as questões que você se propôs a descobrir). O restante da apresentação será a conclusão!
No final da conclusão, você também deve apresentar ao leitor e a banca quais questões ainda devem ser descobertas, pesquisadas. Abrindo caminho para a continuidade de seus estudos em um curso de pós-graduação lato sensu ou mestrado e doutorado.
Sugestão: O saber deve ser compartilhado, só assim, ele avança. Muitos alunos tem medo de mostrar seu TCC aos outros. Não faça isso! Troque o seu TCC com amigos que você tem mais afinidade. Eles podem ajudar você fazer a conclusão, ou seja, fazer um fechamento de seu trabalho, ver aquilo que é mais importante. Além de disso, podem ajudar a corrigir a gramática, a ortografia e as normas dificílimas da ABNT.
Bons estudos! E mãos as obras!